Independência, Centro Municipal de Educação Infantil

Localização
Endereço: Rua José Osires Baglioli, 262
Bairro: PINHEIRINHO
Cep: 81820-090
Regional: Pinheirinho
Atendimento: Manhã e tarde
Contato
Diretor (a): Jozilei Mantagute de Souza
Telefone: (41)3346-7466
E-mail: cmeiindependencia@sme.curitiba.pr.gov.br

Projetos e Programas - Independência, Centro Municipal de Educação Infantil

A equipe do CMEI Independência orientado pela pedagoga Rosana desenvolve vários Projetos envolvendo as famílias e as crianças. Temos como Projetos Institucionais: Lê para mim..., Projeto Família, Programa Mama Nenê, entre outros.

Projeto Lê para mim...

Cada vez que um adulto lê para uma criança faz um convite para que ela que ingresse no universo mágico da linguagem, o encantamento provocado pela narrativa e pela relação que o contador ou leitor cria com a criança favorece o interesse e o gosto pela leitura. A ampliação da capacidade de comunicação ocorre de forma gradativa, é um processo que acontece desde o nascimento e perdura ao longo da vida, está intimamente ligado a quantidade e a qualidade das participações em situações comunicativas.

 Ao contarmos uma história, podemos usar nossas próprias palavras, interpretá-las de diferentes maneiras com a utilização de diversos recursos, além de se divertir as crianças aprende3m sobre a língua que se fala, ampliam o seu repertório e seu universo imaginário, aprendendo que as histórias podem ser recriadas. Por sua vez, ao lermos uma história, utilizamos as palavras que estão escritas, embora seja possível interpretar de formas diferentes, modificando a entonação, o timbre, etc, nestas situações a criança se aproxima da do universo letrado, instiga a curiosidade pelo livro e seus conteúdos.

Por propiciar grandes aprendizagens às crianças percebemos a importância dessas duas modalidades desde muito cedo no espaço educativo, no CMEI a leitura é uma prática diária, já a contação de histórias acontece semanalmente. Para despertar o hábito da leitura e propiciar um momento agradável para as crianças e famílias, implantamos o projeto Lê para mim onde toda sexta-feira as crianças levam para casa uma sacola contendo um livro de literatura infantil de qualidade para que as famílias façam a leitura para as crianças.

Projeto Família

Conceber famílias como fundamentais no processo educativo, significa pensar a educação das crianças como uma tarefa compartilhada entre famílias e profissionais. Isto implica também pensar a educação não como um fator individual, mas como um empreendimento coletivo. Portanto, o diálogo entre famílias e instituições de Educação Infantil é imprescindível.  

Temos como objetivo Integrar a família à unidade de Educação Infantil na efetivação de ações que visem o trabalho de prevenção dos problemas de saúde e deficiências nas crianças da Educação Infantil; subsidiar familiares e profissionais na elaboração e execução do projeto nas unidades e comunidades em geral; fortalecer parcerias com instituições federais, estaduais, municipais e privadas.

O CMEI busca oferecer um atendimento de qualidade visando o desenvolvimento integral da criança, em complementação à função da família, conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente que afirma em seus termos, que a família é a primeira instituição social responsável pela efetivação dos direitos básicos da criança. De forma a não eximir a família das suas responsabilidades, cabe ao CMEI complementar esta tarefa na Educação Infantil, através da parceria Família e CMEI.

“Quanto maior é o comprometimento das famílias com a educação dos filhos, e sua intervenção junto às instituições de educação infantil, melhor será o desenvolvimento das crianças.” (Abuchaim, 2011)                

Programa Mama Nenê

O Programa Mama Nenê foi desenvolvido pela Prefeitura Municipal de Curitiba, em parceria com as secretarias de Educação e Saúde que tem como objetivo incentivar a amamentação das nossas crianças. Para as mães que não tem condições de comparecer a unidade para amamentar, há a possibilidade de trazer o leite e entregar para a lactarista, que é treinada para armazenar o leite de forma segura e garantir ao bebê todos os benefícios que o leite materno pode oferecer.

Já para as mães que tem a possibilidade de comparecer no CMEI na hora da folga, organizamos um espaço apropriado e tranquilo para as mães amamentarem seus filhos. Nas reuniões de pais, assim como no ato da matrícula há uma fala sobre os benefícios do aleitamento materno e o encaminhamento das famílias para a unidade de Saúde para maiores informações, porém pelo fato de atendermos a demanda a partir de 11 meses são poucas as crianças que são alimentadas pelo leite materno.

Projeto Alimentação

No primeiro ano de vida o intenso processo de crescimento e desenvolvimento estão relacionados a forma como as crianças são alimentadas, a primeira relação do bebê com o outro se dá pela alimentação. Segundo Vygotsky a boca é o primeiro elo com o ambiente e é através dela que a criança vive as primeiras sensações. Portanto este momento deve ser prazeroso. O aspecto afetivo é determinante quando pensamos no momento da alimentação.

Além de aprender a dominar os movimentos da mastigação e deglutinação de sólidos, as crianças aprendem os rituais que permeiam as refeições no uso de talheres, sentar à mesa, compartilhar o que gosta, essas ações proporcionam ricas experiências culturais e a aprendizagem de diferentes habilidades e contribuem para a socialização, a construção da autonomia e a inserção a cultura.

As práticas desenvolvidas no CMEI visam o respeito à dignidade da criança enquanto ser humano, atendendo o direito de apropriar-se dos modos estabelecidos para a alimentação mediados pelo professor, que intencionalmente planejam e cuidam da organização dessas práticas. A alimentação faz parte da nossa cultura e cada um tem suas preferências e costumes, sua função é tanto no sentido de suprir necessidades orgânicas e também de estabelecer relações sociais. Por isso, é importante uma estreita parceria entre as famílias e o CMEI respaldado por uma orientação específica de pediatras e nutricionistas.

É função da Educação Infantil privilegiar os cuidados com a alimentação, tanto no aspecto nutricional quanto material, afetivo, pedagógico, cultural e social. Levando em consideração o longo período de permanência da criança no CMEI faz-se necessário discutir sobre as experiências da alimentação no espaço educativo, primando pelo bem estar e conforto, respeitando as diferenças de cada criança. A hora da alimentação oferece ricas aprendizagens se o professor organizar este momento, interagir com as crianças e desafiá-las a conhecer o ambiente e os objetos.

 As práticas alimentares sofreram grandes transformações ao longo dos anos, porém chegaram para nós carregadas de sentido, onde sentimos prazer em nos reunir com pessoas queridas para bater um bom papo acompanhado de uma boa comida. Nos preocupamos com a organização da mesa, apresentação e preparo dos pratos, enfim todo um ritual de confraternização.

Realizamos vários momentos de observação, reflexão, ação partindo do pressuposto do educar e cuidar que vai desde o deslocamento da criança até o refeitório, o local agradável e seguro, o tempo de espera, a interação, o cardápio, as preferências, a orientação das experiências... desenvolvendo ações que visem a qualidade e o respeito as crianças, a partir de um olhar diagnóstico e da escuta às nossas crianças.

Músico da Família

Partindo do pressuposto que vivemos em um mundo sonoro e musical e que a música é muito importante para o desenvolvimento de nossas crianças visamos ampliar os saberes musicais propondo diversas experiências, trazendo e valorizando o músico que temos nas famílias, fortalecendo assim a relação Família & CMEI e organizando instalações sonoras proporcionando contextos de interações e brincadeiras para nossas crianças.