Doutor Guilherme Lacerda Braga Sobrinho, Escola Municipal

Localização
Endereço: Rua Dona Barbara Cid, 150
Bairro: UBERABA
Cep: 81580-130
Regional: Cajuru
Atendimento: Manhã e tarde
Contato
Diretor (a): Maria do Socorro Hermes Morlotti
Vice - Diretor (a): Claudia Regina Forti
Telefone: (41)3278-3083
E-mail: emguilhermebraga@sme.curitiba.pr.gov.br

Cidadania e Justiça também se aprendem na escola

Publicado por:  Luciene Cristina Fraga Lacerda
Júri simulado

       Os estudantes das turmas do 5º ano, participaram de um júri simulado no dia 26 de setembro, pela manhã, na Escola Municipal Dr. Guilherme Lacerda Braga Sobrinho.

       O caso julgado referiu-se a uma acusação de bullying. A estudante Laura dos Santos, interpretou a ré e a vítima foi interpretada pelo estudante Gabriel Cândido. O júri simulado contou com a participação de um advogado de defesa, promotor de justiça, escrivão, juiz, testemunhas e jurados.

       No final do julgamento, a advogada de defesa da ré, interpretada pela estudante Maria Vitória Cristoval, convenceu a todos que a ré não teve a intenção de praticar bullying e a juíza, interpretada pela estudante Ana Clara Soares absolveu a ré.

       Este trabalho foi desenvolvido a partir do Programa “Justiça e Cidadania, também se aprendem na escola”, do Tribunal de Justiça do Paraná e foi orientado pelas professoras Maria Freire, Marialda Bochoski, Fernanda Bicudo e Karina Souza.

       De acordo com o Tribunal de Justiça do Paraná, a ideia do programa é orientar os estudantes da rede pública municipal sobre questões de cidadania e justiça divulgando noções básicas acerca do funcionamento do Poder Judiciário à população.

       Os estudantes também participaram de uma visita ao Tribunal de Justiça do Paraná e produziram redações com a temática.

       O evento também contou com a presença do servidor do Tribunal de Justiça do Paraná, Vilmar Maschio, que coordena o programa e o advogado da OAB André Portugal, que entregou uma medalha a estudante Maria Vitória Cristoval, como vencedora da melhor redação da escola.

       De acordo com a diretora da escola, Maria do Socorro Hermes Morltotti, este trabalho contribuiu para que os estudantes compreendessem de forma significativa princípios de justiça e cidadania.
 

Fonte:  Luciene Cristina Fraga Lacerda | Autor:  Dr. Guilherme Lacerda Braga Sobrinho, EM